(27) 3232-3600 | 2142-9019

Sinal Vermelho para a Violência Doméstica

24 de julho de 2020

Para combater a pandemia da COVID-19, a recomendação do Ministério da Saúde é para que as pessoas fiquem em casa, mas para muitas mulheres, permanecer dentro de seus lares não é o mais seguro. De acordo com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMDH), durante a pandemia, aumentaram o número de denúncias de violência contra a mulher.

Diante desse alarde e da dificuldade das mulheres em buscar ajuda, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) lançaram a campanha “Sinal Vermelho para a Violência Doméstica”.  “O objetivo da campanha é oferecer um canal silencioso, permitindo que essas mulheres se identifiquem nesses locais e, a partir daí, sejam ajudadas e tomadas as devidas soluções. É uma atitude relativamente simples, que exige dois gestos apenas: para a vítima, fazer um X nas mãos; para a farmácia, uma ligação”, disse a coordenadora do Movimento Permanente de Combate à Violência Doméstica do CNJ, conselheira Maria Cristiana Ziouva, em entrevista publicada no próprio site do Conselho.

Aqui no Espírito Santo, os números da violência doméstica também têm registrado alta, como conta a presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB-ES, Lívia Cipriano Dal Piaz. “Infelizmente a Comissão registrou casos de advogadas que foram vítimas de violência doméstica. Esses dados vieram principalmente do questionário que foi disponibilizado à advocacia para traçar um raio x durante a pandemia”.

Presidente da Comissão da Mulher Advogada, Lívia Cipriano Dal Piaz.

Para a advogada, a campanha “Sinal Vermelho” é mais um canal para amparo das mulheres. “Toda visibilidade que vem para auxiliar no combate da violência doméstica é muito bem-vinda”, destacou. “A Comissão da Mulher Advogada está de portas abertas para oferecer ajuda. É importante lembrar que a violência contra a mulher não é somente a física, ela pode ser moral, patrimonial…nós estamos sempre estudando o tema e nos capacitando para que as advogadas encontrem apoio para superar esse momento tão difícil”, finalizou a presidente.

Comissão da Mulher Advogada adere campanha Sinal Vermelho para a Violência Doméstica.

Na Caixa de Assistência dos Advogados do Espírito Santo (CAAES), o apoio às advogadas vítimas de violência é por meio do serviço social, que uma vez recebendo a demanda, atende de forma prioritária, dando todo o apoio possível, e encaminhando para o atendimento psicológico, com o objetivo de minimizar os impactos causados à saúde mental da mulher pela violência sofrida. O telefone do setor de Serviço Social é (27) 99855-4933.

As denúncias de violência contra a mulher podem ser feitas por meio dos canais como Disque 180, o Disque Denúncia 181, CIODES 190, e pelo WhatsApp da Defensoria Pública do Estado pelo número (27) 99837-4549, ou até mesmo por registro contra o agressor pela Delegacia on-line https://delegaciaonline.sesp.es.gov.br/deon/xhtml/home.jsf.

Assessoria de Comunicação – CAAES
Angeli dos Anjos, Micaelly Rupf e Margarett Kuster. 
comunicacao@caaes.com.br | asscom@caaes.com.br
Tel: (27) 2142-9019 | (27) 99697-5958

Categorias

NOTÍCIAS

Homenagem da CAAES ao Dia dos Pais

9 de agosto de 2020

Leia mais

CAAES e V1 – Mês da Advocacia

31 de julho de 2020

Leia mais

Doe Sangue, SALVE vidas

25 de julho de 2020

Leia mais

Sinal Vermelho para a Violência Doméstica

24 de julho de 2020

Leia mais